loader image
Pipoca mais doce e Bebé Gourmet

A Pipoca mais doce conheceu a Bebé Gourmet

“… há umas semanas a minha vida mudou (e a do Mateus, também) quando a Bebé Gourmet me convidou a experimentar o seu serviço. Já tinha ouvido falar, tenho duas amigas que são clientes, mas nunca me tinha informado devidamente sobre o assunto. E o que é a Bebé Gourmet, perguntam vocês? Eu respondo. Basicamente, é o paraíso na terra para pessoas como eu.

 

Bebé Gourmet ou “como me safei de cozinhar”

 

Como em tudo o que diz respeito ao Mateus, também no que toca à alimentação não somos fundamentalistas. Queremos que coma bem, de forma variada e equilibrada, mas de quando em vez também marcha uma pizza, umas batatas fritas ou qualquer coisa assim mais a despachar. Como diriam os DAMA, “uma vez não são vezes e eu não digo a ninguém”. Temos a sorte de ter um puto que não nos dá muitas chatices para comer e que, graças a todos os santinhos, não é particularmente esquisito. Já teve fases mais chatas, como todos os miúdos, mas agora não diz que não a quase nada e, melhor do que isso, não faz fitas nem fica três horas à mesa a engonhar. Regra geral, come aquilo que nós também comemos, salvo raras excepções (comida muito condimentada ou coisas assim mais esquisitas). Mas, confesso, há dias em que não me apetece nada cozinhar e tenho de o fazer por causa dele. Por mim comia umas torradas ou uns cereais e estava bom, mas com ele não pode ser. E então lá me atiro aos tachos, coisa para a qual não tenho nem muito tempo, nem muito talento, nem muita criatividade. É mais na base do desenrascanço, faz-se o que se pode. Ora há umas semanas a minha vida mudou (e a do Mateus, também) quando a Bebé Gourmet me convidou a experimentar o seu serviço. Já tinha ouvido falar, tenho duas amigas que são clientes, mas nunca me tinha informado devidamente sobre o assunto. E o que é a Bebé Gourmet, perguntam vocês? Eu respondo. Basicamente, é o paraíso na terra para pessoas como eu que:

  • Não têm paciência nem jeito para cozinhar;
  • Passam a vida a fazer os mesmos três ou quatro pratos;
  • Têm filhos e querem que eles comam decentemente e de forma saudável;
  • Não têm qualquer tipo de sentimento de culpa por não serem elas a cozinhar diariamente para os seus lindos rebentos (pelo contrário, até ficam contentes por lhe tirarem essa tarefa de cima);

 

Bebé Gourmet é precisamente isto: uma empresa de comida para crianças entre os 5 meses e os 4 anos, que cozinha tudo como se fosse em casa, da forma mais saudável e natural possível, que usa ingredientes biológicos, que não adiciona sal à comida, e que tem uma oferta super variada de sopas, pratos principais e sobremesas (incluindo opções vegetarianas). É só consultar a ementa semanal (desenvolvida por uma nutricionista), escolher os pratos que se quer encomendar, e depois passar a buscá-los (na versão fresca ou congelada). As refeições frescas aguentam três dias, as congeladas três meses, e já vêm doseadas em embalagens super práticas. É tudo confeccionado na loja de Telheiras, tem tudo muito bom ar e há pratos como “salmão no forno com batatinhas e juliana de legumes”, “cuscus do mar com tomate e brócolos” ou “arroz colorido de frango”. O Mateus esteve uma primeira semana à experiência e correu lindamente. Tirando o puré de brócolos que vinha a acompanhar o salmão e ao qual torceu o nariz, de resto comeu tudo sem um “ai”, o que nos levou a perceber que esta foi uma aposta vencedora e que é para continuar. E vocês não imaginam o descanso que é chegar a casa e não ter de estar a pensar no que  é que ele vai comer. Geralmente, encomendo as refeições para uma semana, tiro-as do congelador na noite anterior (para que descongelem da forma mais natural possível) e depois é só aquecer. MA-RA-VI-LHA! As doses são mais do que suficientes (no caso do Mateus algumas vezes até sobra) e, sinceramente, acho os preço muito simpáticos.
 

 

 

 

Publicado em 13/04/2020
Carrinho de Compras
0